27 setembro, 2012

Sacrificar-se por outros?


Será que vale a pena se sacrificar por outra pessoa? Falo mesmo no sentido de se doar sem limites somente para satiszafer a vontade de outros, largar tudo o que estiver fazendo para ajudar outra pessoa.

A maioria das vezes gostamos de fazer pelos outros aquilo que não fazemos por nós mesmos.

Analise quanto tempo em sua vida você gasta para auxiliar aos outros?

Se gasta a maior parte do tempo para os outros creio que alguém está ficando de fora, é claro que este alguém só pode ser você mesmo!

Largar tudo o que estiver fazendo para auxiiar outros ou nem mesmo fazer nada por você porque está ocupado fazendo pelos outros, é uma ótima desculpa para quem tem a auto estima baixa ou para aqueles que querem ser bem vistos o tempo todo, e para isso precisam estar sempre a disposição quando o outro precisar. E pensa: “afinal, se eu não ajudá-lo(a) o que ele(a) vai pensar ou dizer de mim?!”

Estando ocupa(o) auxiliando outros, eu me anulo e deixo de fazer o que deveria fazer para ajudar a mim mesmo.

E se minha preocupação é : “o que eles vão pensar se eu não ajudar” hum… pior ainda!

Não quero dizer com isso que não devemos ajudar alguém, ao contrário é louvável e generoso fazer isto.

Conheço um velho ditado que diz assim: “Seja bom, mas não seja bobo!”

E geralmente estes que largam tudo, ou se anulam por causa dos outros são os bobos mesmo. E muitas das vezes quem é ajudado por eles se aproveitam tanto da generosidade excessiva desta criatura que realmente esta passa a fazer o papel de bobo.

Nosso tempo é algo estritamente valioso. Saibamos usá-lo com mais sabedoria.

Primeiro para nos elevar, crescer e evoluir a cada dia como pessoas melhores, bem resolvidas e felizes e depois ir ao encontro do outro e ajudar se for preciso.

(Edilene. D.)

Um comentário:

Oieeee...
Neste blogspot o livre arbítrio está ativado, ok!?

Obrigada por seu comentário!
Irei retribuir o mais breve possível.