27 agosto, 2010

Lei de Murphy - Parte I

"Se há mais de uma maneira de se executar uma tarefa ou trabalho, e se uma dessas maneiras resultar em catástrofe ou em consequências indesejáveis, certamente essa será a maneira escolhida por alguém para executá-la", ou em outras palavras, "Se alguma coisa pode dar errado, com certeza dará". Porque cargas d'água alguém diz isso? Só pode querer ferrar com a vida de todo mundo.

Motivo pelo qual estou reclamando tanto...

O projeto no qual estou trabalhando tinha tudo para dar errado, pois fazer algo em 2 dias quando o prazo é de 30 dias já era sinal de total impossibilidade, mas conseguimos. Ficamos felizes, alegres e contentes quando o projeto foi colocado no correio. No dia seguinte foi anunciado que o prazo para entrega havia sido prorrogado por mais 1 semana e aí vc pensa: "Poxa, poderia ter feito melhor se soubesse disso antes, poxa vida, e agora?". Entramos em contato para ver se havia a possibilidade de reenviar o projeto e descartar o que havia sido enviado, mas não conseguimos autorização, então resolvemos enviar o projeto, mais bem estruturado e com outro nome (isso sim é válido). Mãos a obra!
Após 5 dias trabalhando, verificamos o regulamento e existe um "questionário online" sobre o projeto que deve ser preenchido para validação da documentação. Tudo ok, faltam 2 dias para entregar, vamos preencher rapidinho e tudo certo, né? Não, nada certo. A lei de Murphy atua. Ao terminar de preencher tudo, é pedido o orçamento e por alguma razão os dados não batem e o formulário não pode ser salvo se as informações não estiverem 100% corretas. E ONDE ESTÁ O PROBLEMA? Recalculamos todo o orçamento e não encontramos nenhum centavo fora dos eixos.

Resultado: 48h acordada tentando achar o erro.

É isso pessoas, volto daqui a 2 dias.
Ou não.

3 comentários:

  1. Caraca amooor, é sempre assim, Lei de Murphy é Lei de Murphy...

    Te amo!
    Bjos!

    ResponderExcluir

Oieeee...
Neste blogspot o livre arbítrio está ativado, ok!?

Obrigada por seu comentário!
Irei retribuir o mais breve possível.