03 setembro, 2009

Quando me amei de verdade...


Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo,na hora certa, no momento exato. E então pude relaxar.
Hoje sei que isso tem nome... Auto-estima.

Quando me amei de verdade, pude perceber que minha angústia, meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou indo contra as minhas verdades.
Hoje sei que isso é Autenticidade.

Quando me amei de verdade, parei de desejar que minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo contribui para o meu crescimento.
Hoje chamo isso de... Amadurecimento.

Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparado, inclusive eu mesmo.
Hoje eu sei que o nome disso é... Respeito.

Quando me amei de verdade comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável. Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pussese para baixo. De início minha razão chamou essa atitude de egoísmo.
Hoje eu sei que se chama... Amor próprio.

Quando me amei de verdade deixei de temer o meu tempo livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os projetos megalômanos de futuro. Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo.
Hoje sei que isso é... Simplicidade.

Quando me amei de verdade, desisti de querer sempre ter razão e, com isso, errei menos vezes. Hoje descobri a... Humildade.

Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de preocupar com o futuro. Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece. Hoje, vivo um dia de cada vez. Isso é... Plenitude!

Quando me amei de verdade, percebi que minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada. Tudo isso é... Saber viver.


10 comentários:

  1. aiiii q lindooooo thainá!!!
    ADOREI.

    bjss. =*

    ResponderExcluir
  2. Charles Chaplin era Rei... vou procurar um video dele e colocar no meu blog... mas é um video em especial que acho que poucas pessoas conhecem... uma outra arte dele...

    o/

    ResponderExcluir
  3. Já havia lido este texto, inclusive tenho ele guardado em alguma pasta por aqui... :B haha!

    Sim, fitas, viu só? haoiuhaaha, tbm fazia tempo que não via fitas asism, até que vi aquela imagem :D
    Eu gosto de Nando Reis, é é ótimo, enfim...

    ótima sexta pra vc :D

    um beeeijo :*

    ResponderExcluir
  4. amiga to sumidinha, desculpa mas é pq estou vivendo um infernim particular no trabalho esses dias rsss

    vou tentar estar de volta tá?

    Eu amo esse texto amiga rsss

    bjocaas flor

    ResponderExcluir
  5. Oi amor,

    Mto bonito esse texto, temos que saber nos amar para descobrirmos o que é melhor pra nois mesmo.

    Te amo!
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. adoreeeeeeeeeei

    ele é MARA *-*

    ResponderExcluir
  7. Nossa amiga muito lindo o texto do Chaplin uma lição de vida! Eu desejo pra ti um excelente final de semana!!!

    ResponderExcluir
  8. charlin chaplin is my heroo!bj

    ResponderExcluir
  9. Charles Chaplin era, é e sempre será um dos seres mais admiraváveis, inteligentes e bem humorados do mundo!

    ResponderExcluir

Oieeee...
Neste blogspot o livre arbítrio está ativado, ok!?

Obrigada por seu comentário!
Irei retribuir o mais breve possível.