06 maio, 2009

Poema Árabe

Quem me enviou este lindo poema foi a Catharina, uma amiga da faculdade. É tocante e muito inspirador, ler bons textos como esse, renovam a alma. Por essa razão resolvi compartilhar com vocês, espero que apreciem tanto quanto eu.

Aproveito para dizer que POR ENQUANTO o template do blog ficará assim, é como eu sempre digo: "Eu prefiro ser... essa metamorfose ambulante...".
Agradeço a todos que deixaram comentários sobre o blog Flamenguista, mas eu não poderia deixá-lo daquele jeito porque novatos (não-flamenguistas) poderiam achar que o blog era destinado a nação rubro-negra, enfim... entenderam né!? rsrs.

Fiquem com Deus, beijocas! =*

[Adaptação livre de um poema árabe por Eduardo Machado em 28/11/2007].

Que jamais, em tempo algum, teu coração acalente o ódio.
Que o canto da maturidade jamais asfixie tua criança interior.
Que teu sorriso seja sempre verdadeiro.
Que as pedras do teu caminho sejam sempre encaradas como lições de vida.
Que a música seja tua companheira nos momentos secretos contigo mesmo.
Que teus momentos de amor contenham toda a magia de tua alma. E que ela esteja inteira em cada beijo.
Que cada dia seja um novo recomeço, onde tua alma dance à luz da alvorada.
Que cada passo teu deixe marcas luminosas nos corações que cruzarem teu caminho.
Que a cada amigo que chega, teu coração faça festa.
E celebre o encanto fraterno que liga as almas afins.
Que em teus momentos de solidão e cansaço esteja sempre presente a lembrança de que tudo passa, se transforma, se renova, quando a alma é grande e generosa.
Que o teu coração voe sereno nas asas de uma espiritualidade profunda, consciente, livre, mas enraizada na vida, para que tu percebas a ternura do invisível sem esquecer o toque da pele de seus irmãos de caminhada.
Que o vento, que sopra onde quer, te acompanhe por toda parte, onde quer que a força do amor te levar. E que lá, o teu coração sinta a PRESENÇA secreta do inexplicável!
Que os teus pensamentos, os teus amores, o teu viver, e a tua passagem pela vida sejam sempre abençoados por aquele Amor que ama sem nome.
Aquele Amor que não se explica. Só se sente.
Que esse amor seja o teu rumo secreto, caminho e companheiro de caminhada, viajando eternamente contigo, no centro do teu ser.
Que esse amor transforme teus dramas em luz, tua tristeza em celebração, e teus pés cansados em alegres passos de dança renovadora.
E que jamais, em tempo algum, tu esqueças da PRESENÇA amorosa que está em ti e em todos os seres.
E, assim, que o teu viver seja pleno de PAZ e LUZ, e amar ser amado lhe seja a maior benção.

5 comentários:

  1. olá, to passando mais uma vez para dizer que vc ganhou um meme meu.
    vc vai chá-lo neste blog:
    escreversonhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Que lindo!!
    A-do-rei!

    bjuuuu =**

    ResponderExcluir
  3. Caraca! o.0

    Que poema liindo!

    A-do-rei!²

    Tenha uma ótima quinta! ;*

    ResponderExcluir
  4. Muito lindo!
    Mágicas palavras né!

    Bjs!

    ResponderExcluir

Oieeee...
Neste blogspot o livre arbítrio está ativado, ok!?

Obrigada por seu comentário!
Irei retribuir o mais breve possível.