19 março, 2009

O amor

Vida
É o amor existencial.
Razão
É o amor que pondera.
Estudo
É o amor que analisa.
Ciência
É o amor que investiga.
Filosofia
É o amor que pensa.
Religião
É o amor que busca a Deus.
Verdade
É o amor que eterniza.
Ideal
É o amor que se eleva.

É o amor que transcende.
Esperança
É o amor que sonha.
Caridade
É o amor que auxilia.
Fraternidade
É o amor que se expande.
Sacrifício
É o amor que se esforça.
Renúncia
É o amor que depura.
Simpatia
É o amor que sorri.
Trabalho
É o amor que constrói.
Indiferença
É o amor que se esconde.
Desespero
É o amor que se desgoverna.
Paixão
É o amor que se desequilibra.
Ciúme
É o amor que se desvaira.
Orgulho
É o amor que enlouquece.
Sensualismo
É o amor que se envenena.
Finalmente, o ódio, que julgas ser a antítese do amor, não é senão o próprio amor que adoeceu gravemente.

6 comentários:

  1. Oi linda!!
    Muito legal as definições para o amor...

    Tenho uam também:

    Henrique Maciel
    É o amor infinito por Thainá Vivas!

    x)

    Te amo!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Muito bacana. Pura verdade se analisar rs.

    ResponderExcluir
  3. Amei isso.
    Eu gosto de ler sobre o amor. Acho que porque não entendo nada e quando escrevo só sai clichê. Se bem que o amor é um tanto quanto clichê...

    ResponderExcluir
  4. É, definitivamente o amor é TUDO.

    Bjooo Thainá! ^^

    ResponderExcluir
  5. Que lindo! Amei, poema maravilhoso.

    Eu adoro poema.

    Bjim*

    ResponderExcluir
  6. axo que esse post é a resposta para o meu post ;P

    ResponderExcluir

Oieeee...
Neste blogspot o livre arbítrio está ativado, ok!?

Obrigada por seu comentário!
Irei retribuir o mais breve possível.